Prefixação e sufixação

Dica: na derivação forma-se uma palavra a partir de uma forma de base (uma palavra inicial, ou radical), juntando-se um afixo. O afixo pode ser um prefixo, se estiver atrás da forma de base, ou um sufixo, se estiver após a forma de base. Quer os prefixos quer os sufixos modificam o significado da forma de base.

Estamos a tratar de modos de formar palavras, por isso não contes com os sufixos que não servem para formar palavras novas, como acontece por exemplo nos verbos. O verbo pode escrever-se  de muitas formas (flexão verbal) mas é sempre a mesma palavra, o mesmo verbo. Por exemplo, lavarei vem de lavar, com o prefixo -ei, mas lavarei não é uma nova palavra: é outra forma da mesma palavra, tal como casas é a mesma palavra que casa, só que está no plural. Plural, singular, masculino, feminino, pessoa, tempo, modo dão formas flexionadas da mesma palavra: não fazem surgir palavras novas.

Instruções

Instruções simplificadas: Escolhe a opção correta > clica em “Continuar” (10 x) > Clica em “Verificar resultados” > Clica em “Rever todas as respostas”.

Nestes exercícios tens de indicar se a palavra assinalada se formou por prefixação, ou por sufixação ou por ambos os processos.

A palavra tristeza, quanto ao seu processo de formação é:
 A palavra portão, quanto ao seu processo de formação é:
 A palavra desnorteado, quanto ao seu processo de formação é:
 A palavra desatenta, quanto ao seu processo de formação é:
 A palavra impossível, quanto ao seu processo de formação é:
 A palavra claridade, quanto ao seu processo de formação é:
 A palavra utilizar, quanto ao seu processo de formação é:
 A palavra alegremente, quanto ao seu processo de formação é:
 A palavra deslealdade, quanto ao seu processo de formação é:
 A palavra repartir, quanto ao seu processo de formação é:
Verificar os resultados
Rever todas as respostas
error: Não.